APELO URGENTE


Aos eternos e malogrados adormecidos,
e a todos que, no tempo, vão embrutecendo
por manterem apego a tudo aquilo que brilha…
parem de fazer de conta, seus presumidos
inocentes que, sabemos, não estarão vendo
que tudo o que for oco, já não maravilha.

Muitos governos estarão negligenciando
os velhos, as crianças - doentes em geral,
em consequência de má governação.
É assim que o mundo hoje, está girando.
Desçam à Terra, onde reina o virtual
e façamos uma bem profunda reflexão.

Está-nos fugindo dos pés a base que nos suste
o equilíbrio, força e resiliência
Unamo-nos todos contra a indiferença,
por muito que isso nos ocupe e nos custe.
O desejo de vingança, e a prepotência
são cúmplices duma usura, assaz intensa.

Recorramos aos nossos tansparentes recursos,
captados por peritos da investigação,
porque os vícios... não falecem!. Adormecem!
Atentos aos autores de obductos discursos
cuja actuação não disfarça uma preocupação:
ajustarem o que parecem àquilo de que carecem...


Data da criação deste conteúdo:
2022-02-27