SER MULHER!

Ser Mulher
não será nunca 
um “ser” qualquer...

Nesta sua condição,
deveras muito  importante,
ela não nasceu em vão, 
foi-lhe dado um “ser” constante.
Gerar amor, emoções,
dar vidas aqui no mundo,
e perpetuar lições
de teor muito profundo.

Ser Mulher
não será nunca 
um “ser” qualquer...

Excluindo aberrações
e carácteres mal formados
que encontrará aos montões,
em gente de muitos lados...
ela preza o que lhe serve,
em modos bem ponderados,
para de exemplo servir
aos grupos de mal formados.

Ser Mulher
não será nunca 
um “ser” qualquer...

Filtra mágoas amarradas 
em erros por redimir
para ter forças lavadas
num presente a corrigir.  
Gerando e gerindo vidas,
adoça-se de ternura 
e vai sanando feridas,
na alma de gente pura.

Ser Mulher
não será nunca 
um “ser” qualquer...

Solteira, ou mesmo casada,
vive com grande prazer,
e assaz bem preparada, 
a missão de conceber.
Exige ser respeitada
da forma como convém.
Ela ama e é amada 
pelos seres de quem é Mãe.



Data da criação deste conteúdo:
2015-03-05