NÃO AO RECURSO À GUERRA!



Deixem-me gritar esta revolta
que sinto em mim, por tanto mal à solta!
Deixem-me com outros, em uníssono,
perguntar a Deus, a Esse Altíssimo,
que dizem reger tudo, lá do alto:
- Quando terminará o sobressalto
provocado por fortes sons, estridentes,
de tantas armas que matam inocentes?
Por que pagarão eles, pelos adultos
seguidores de vis princípios bem ocultos?
Deponham as armas! Que cesse a guerra
destruidora de tudo o que há na Terra!
Não deixem que paguem as crianças
pelos crimes cometidos por alianças
feitas entre adultos muito maus,
que espalham ódio e geram tanto caos.
Enquanto há gente orando na igreja,
há outra gente no mundo, que pragueja!
Deixem-me despertar adormecidos,
cegos, imbecis e embrutecidos
pelas luzes estonteantes da ribalta
- onde circula tanta gente falsa…
Não optem pelo recurso à guerra.
Somos todos irmãos aqui na Terra!



Data da criação deste conteúdo:
2016-02-06